sábado, 5 de fevereiro de 2011

Nem sei se tanto

um frasco, o espanto
interrogação
um biltre, o esquisito
que somos e são.

e no alquebrado
o susto, o receio
que quase na mão.

um tormento, um estrago
uma ilha, um tufão
o boneco biruta
que somos ou não.

ou só a metade
ou só um pedaço
ou só a intenção.

Um comentário:

Kiro Menezes disse...

Sempre em partes!!!

Belo.